Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Terceiro Tempo

"Em futebol, o pior cego é o que só vê a bola." - Nelson Rodrigues

Terceiro Tempo

"Em futebol, o pior cego é o que só vê a bola." - Nelson Rodrigues

Kalusha Bwalya, o abelha-negra do futebol zambiano

27.09.21, Terceiro Tempo
O ano é 1988 e o cenário desta epopeia são os Jogos Olímpicos de Seul, na Coreia do Sul. Em 19 de setembro, o Mundo conheceu o talento de Kalusha Bwalya, zambiano,  nascido em 16/08/1963, na cidade de Mufulira, e que fez um hattrick diante da sempre poderosa Itália, na vitória por 4-0 nos Jogos Olímpicos, numa das maiores atuações individuais de um jogador africano da história. A Zâmbia acabaria eliminada, apenas nos quartos-de-final, pela então Alemanha Ocidental (derrota (...)

Ali Dia, a maior farsa do futebol mundial

11.07.20, Terceiro Tempo
Existem jogadores que ganham o estatuto de lenda pelas suas conquistas, como é o caso de Pelé com 3 mundiais, Cristiano Ronaldo ou Messi que disputaram a Bola de Ouro por vários anos seguidos, Eusébio, Maradona, Ronaldo Nazário e poderíamos estar aqui 20 minutos a dizer nomes de jogadores que escreveram os seus nomes para sempre na história do desporto. Existe um jogador que também o fez, mas não dentro de campo, foi fora dele, que cometeu uma das maiores farsas da história e (...)

Chencho Gyeltshen, o Ronaldo do Butão

14.04.20, Terceiro Tempo
Chencho Gyeltshen deverá ser um nome desconhecido para a maioria dos amantes do desporto rei, isto porque joga no joga num país (e seleção) com pouca expressão e consideravalmente reduzido tendo em conta outros países da Ásia. O Butão, um país localizado no sul da Ásia, conta apenas com 700 mil habitantes, felizmente o jogador Chencho Gyeltshen tem a oportunidade de ser chamado de CG7, o Ronaldo do Butão, devido ao seu estilo de jogo e por ser fã acérrimo do internacional (...)

Godfrey Chitalu, a trágica morte do melhor jogador zambiano da história

10.03.20, Terceiro Tempo
O futebol zambiano nunca teve jogadores de destaque nos principais campeonatos europeus. Godfrey Chitalu é o mais próximo de Deus que existe para os adeptos da Zâmbia. Quem o viu jogar, diz que era um jogador incrível mas que dedicou todo o seu futebol ao seu país, à Zâmbia. Existe mesmo quem diga que o recorde de melhor marcador num ano civil e não de Messi. Os muitos títulos, golos e assistências valem um lugar na história do futebol zambiano, sendo considerado o melhor (...)

Kazuyoshi Miura, o japonês que é o jogador mais velho em atividade

25.02.20, Terceiro Tempo
Existem jogador que ficam marcados na história pelos golos que marcam, pelos títulos que conquistam, pelas jogadas que protagonizam. Kazuyoshi (ou simplesmente Kazu) Miura, fica na história por diversos motivos: ter sido o primeiro japonês a marcar no Brasileirão, o primeiro japonês a jogar no principal campeonato italiano e é, neste momento, considerado o jogador mais velho em atividade nos campeonatos profissionais. Kazu Miura nasceu em Shizouka no ano de 1967 e passados 52 anos (...)